O que é e como fazer o mapeamento de dados?

10 | 03 | 2022

195 visualizações

Postado em Blog

Desde que entrou em vigor em 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) propõe segurança
para os dados de pessoas físicas dentro das empresas. O mapeamento de dados envolve a
identificação das informações para verificação da privacidade estabelecida por lei.
No blog de hoje, apresentaremos o conceito e como realizar um mapeamento de dados na sua
empresa. Continue a leitura e aprenda!

O que é mapeamento de dados?

O mapeamento dos dados pessoais é a principal ação a ser tomada na sua gestão de riscos. Ele
envolve tanto os dados de clientes quanto os de colaboradores e é o que vai garantir que a sua
empresa esteja em conformidade com a lei.
Esse processo tem como objetivo identificar quais dados estão em posse da empresa e assegurar
sua privacidade dos dados, salvaguardando empresas que porventura possam vir a enfrentar
problemas com vazamentos, denúncias e afins.
O processo de auditoria de dados compreende 7 etapas:

● Coleta
● Processamento
● Análise
● Compartilhamento
● Armazenamento
● Reutilização
● Eliminação

Como fazer um mapeamento de dados?

Para realizar o mapeamento de dados é preciso organizar uma planilha, de modo claro, bem descrito
e com todos os processos internos da empresa. Junto deles, todos os responsáveis de cada área e
seus respectivos dados sensíveis.
Sem o mapeamento de dados, não há identificação de riscos e a empresa não consegue se adequar
à segurança necessária para garantir a privacidade dessas informações, nem garantir softwares de
armazenamento que não estejam suscetíveis a invasões. Além de tudo, ele garante uma melhor
gestão de dados organizacionais.

Separamos alguns tópicos importantes que devem estar no seu mapeamento de dados:

● Classificação dos titulares dos dados (clientes, fornecedores, colaboradores
● Identificação os dados coletados, como nomes, endereços, formas de contato e documentos
● Local do armazenamento
● Formas de coleta
● Finalidade da informação
● Definição dos colaboradores autorizados a acessar os dados
● Apuração da base legal para a utilização de cada uma das informações

● Detecção da sensibilidade dos dados
● Destinação em caso de compartilhamento
● Período de guarda
● Procedimentos de exclusão

Agora que você já sabe o que é necessário para estar em compliance com a LGPD, que tal conhecer
uma empresa parceira que pode ajudar o seu negócio a se adequar aos processos?

Conheça a Afrika!
A Afrika é uma empresa evolutiva, ousada e humanizada. Na Afrika prezamos pela qualidade e
excelência em toda jornada do cliente, visando superar suas expectativas, sempre. Acreditamos que só assim o sucesso é garantido.
Protegemos informações e os negócios de grandes, médias e pequenas empresas. A partir da
definição do Código de Cultura, temos parâmetros para trabalhar o perfil mais adequado de
profissionais que a empresa objetiva para trazer novos colaboradores.
Saiba mais sobre a empresa de segurança que ajuda a sua empresa a proteger seus negócios. Entre em contato com a gente ainda hoje e conheça sobre nossas soluções!