5 boas práticas de segurança da informação que você deve adotar na sua empresa

15 | 02 | 2022

567 visualizações

Postado em Eventos

Manter a segurança da informação nas empresas é um dos maiores desafios para os gestores atualmente. Um vazamento de dados, por exemplo, pode causar uma grande dor de cabeça, com sérios prejuízos financeiros para a empresa.

Isso porque, nesta situação, informações sobre os profissionais da empresa, estratégias a serem tomadas, dados de clientes e do próprio negócio ficam extremamente expostas depois de um ataque cibernético.

No artigo de hoje, falaremos um pouco mais sobre como as empresas podem implementar a segurança da informação nos negócios neste ano de 2022, e as boas práticas que as operações devem adotar para garantir a proteção da infraestrutura de TI. Acompanhe, a seguir!

O que é a segurança da informação? 

Sabemos que o cibercrime e as ameaças digitais exigem que cada vez mais as empresas adotem medidas de proteção. Com o alto volume de trabalho remoto, depois da pandemia causada pela Covid-19, os processos nas empresas se tornaram ainda mais digitais.

Dessa forma, a tecnologia traz sim uma proteção contra esses crimes, mas sem uma estratégia de segurança cibernética eficiente, sua empresa pode estar exposta a ataques e pode não conseguir se defender corretamente contra ações maliciosas de violação de dados.

Para se ter uma ideia, de acordo com o 2020 Webroot Threat Report, 93,6% dos malwares analisados eram considerados polimórficos, ou seja, possuíam a habilidade de constantemente mudar seu código para fugir dos mecanismos de detecção.

A boa notícia é que existem diversas práticas para garantir uma segurança da informação efetiva, restringindo o acesso somente por quem, de fato, está autorizado a fazê-lo, como veremos a seguir.

Leia também: Implementar ‘cibersegurança em primeiro lugar’ é habilitar o essencial de um negócio

Quais as vantagens da segurança da informação?

Além de manter os seus dados em sigilo, a segurança da informação promove outros diversos benefícios que precisam ser avaliados se a sua empresa deseja evitar os prejuízos causados pelo crime cibernético, que ferem a honra do seu negócio, a confiança e também o financeiro.

Na parte financeira, cabe uma alusão a um incêndio: é muito mais fácil evitá-lo do que apagá-lo. Portanto, é melhor evitar as ameaças cibernéticas do que lidar com as consequências de seus vazamentos.

Na parte de imagem, uma empresa que se mostra vulnerável a ataques perde valor de mercado. Além de clientes, fornecedores, acionistas e parceiros tendem a se afastar pela fraca segurança com dados que o negócio apresenta.

Alguns dos benefícios que a segurança da informação traz para a sua instituição são:

  • identificação e solução de ameaças
  • proteção de dados dos colaboradores
  • garantia do sigilo de informações internas
  • proteção das informações de clientes e fornecedores
  • segurança e confiabilidade
  • potencialização da competitividade
  • promoção da cultura de melhorias contínuas

A seguir, mostraremos as boas práticas que a empresa deve seguir para adotar uma segurança da informação eficiente.

5 boas práticas de segurança da informação que você deve adotar na sua empresa

Uma das principais regras de sobrevivência no mercado é manter os dados sigilosos em segurança. Não importa o tamanho da sua empresa: ela está suscetível a ataques de hackers. Por isso, é importante investir em alguns fatores para melhorar a sua segurança. Você pode começar seguindo estas dicas básicas.

1- Construir senhas com bases mais complexas

Essa dica é básica e parece boba, porém ela é muito importante: a dica é não combinar nomes, datas comemorativas e nenhum outro assunto pessoal nas senhas. 

Nomes de animais de estimação, de familiares, entre outras informações particulares são as primeiras tentativas em casos de ataques. Também é bom evitar misturar letras e números que estejam perto no teclado, como as famosas senhas 12345 ou qwerty.

Uma senha complexa envolve letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos, ou frases juntas que tenham sentido para você.Tudo isso ajuda a facilitar a  segurança da informação e evitar ciberataques.

2- Ativar o firewall e o antivírus

Com o firewall ativado, sua rede continuará recebendo e transmitindo os dados necessários, mas com um bloqueio contra ambientes sem segurança. Juntamente com o firewall, o antivírus se faz necessário para que não ocorra perda desses dados

3- Proteger sua nuvem

Com a migração para a nuvem, a segurança dessa infraestrutura deve ser redobrada para que não haja infiltração maligna nos servidores virtuais e, consequentemente, a segurança da informação se mantenha intacta. Com a crescente dessa tecnologia, surgiram novos invasores. Eles são: criminosos tentando obter acesso, criminosos invadindo para entregar malware e usuários internos fazendo exfiltração de dados.

4- Evitar erro humano

É cada vez mais imprescindível que a sua empresa tenha colaboradores alertas a todo tipo de conteúdo malicioso. O vazamento de dados ocorre muito por erros humanos, falta de atenção ao clicar em algum link suspeito e, caso seja detectado esse tipo de invasão, o departamento de TI deve ser acionado imediatamente.

5- Fazer backups

Anos de trabalho perdidos em questão de minutos é o medo de qualquer colaborador no ambiente corporativo, mas em uma situação de vazamento de dados, além da perda de informações, a exposição também preocupa as empresas. 

A orientação mais adequada é que os profissionais façam backups do sistema regularmente e mantenham mais de uma mídia para armazenar tudo pois, ao modo que os serviços em nuvem aumentam em questão de segurança e tecnologia, os hackers também se aprimoram nas invasões.

Você pode se interessar: Códigos QR – A ameaça cibernética fantasma que ressurge após a pandemia

Conheça a Afrika!

A Afrika é uma empresa evolutiva, ousada e humanizada. Na Afrika prezamos pela qualidade e excelência em toda jornada do cliente, visando superar suas expectativas, sempre. Acreditamos que só assim o sucesso é garantido.

Protegemos informações e os negócios de grandes, médias e pequenas empresas. A partir da definição do Código de Cultura, temos parâmetros para trabalhar o perfil mais adequado de profissionais que a empresa objetiva para trazer novos colaboradores. 

Saiba mais sobre a empresa de segurança que ajuda a sua empresa a proteger seus negócios. Entre em contato com a gente ainda hoje e conheça sobre nossas soluções!